terça-feira, 26 de julho de 2011

PORQUE AS MULHERES SUBESTIMAM AS DOENÇAS DO CORAÇÃO?

Apesar dos enormes avanços no diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares( infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, etc) estas moléstias ainda são as líderes na escala da mortalidade global no mundo todo em ambos os sexos. As campanhas de prevenção propiciaram uma redução importante dessas taxas nos últimos anos, mas no sexo feminino esses dados não tem sido signficativos.
Nos EUA estima-se que 42% das mulheres que tiveram infarto morreram no primeiro ano do quadro, enquanto que nos homens isso ocorreu em 23% deles. Estudo semelhante feito na Inglaterra revelou que nos seis meses que sucederam o episodio do infarto do miocardio ocorreram mortes em 32% das mulheres e em 27% dos homens. Grande parte dos trágicos números dessa estatística poderiam ser evitados com medidas preventivas eficazes, entre elas a necessidade de  informação às mulheres e aos profissionais de saúde dos fatores de risco para as doenças cardiovasculares nas mulheres.
A subestimação por parte das mulheres do risco cardiovascular vem sendo observada por:
1- estagnação da classe científica em analisar o comportamento da doença cardiovascular no sexo feminino;
2- ausencia de informações aos leigos

Ref: Why do women underestimate the risk of cardiac disease? A literature review. Australian Critical Care(2007)20,53-59










 

Nenhum comentário:

Postar um comentário